Uma carta para o "meu eu do futuro".



Olá queridos leitores! Hoje eu trago à vocês um post diferente, no qual pertence à Blogagem Coletiva do grupo Tagarelando - Blogueiras que interagem
O post é uma carta para o "meu eu do futuro" e é baseada no projeto Future Me
É uma coisa difícil de se fazer, mas vamos lá!

Querida Monique (do futuro)!

Aqui estou eu, com 18 anos, nas férias do primeiro semestre da faculdade de Jornalismo e à alguns dias antes do Natal.
Como você sabe, minha vida nunca foi fácil, mas também nem tão complicada. Sempre fui uma menina brincalhona, tímida, alegre, caseira e amiga. E claro, muito sentimental também!
Já consegui realizar muitos dos meus sonhos, como por exemplo: terminei o Ensino Médio, entrei na faculdade, tenho uma cachorrinha de estimação, meus pais continuam sendo meus melhores amigos, conheci o parque Beto Carrero World - no qual sempre foi meu sonho - e agora estou aqui na Blogosfera à 3 anos, escrevendo coisas que eu gosto.
No momento estou viciada em assistir séries, pois é. Viciada em aprender coisas novas e ando muito curiosa ultimamente - o que tem me assustado -. 
Meus objetivos do momento são bem simples: terminar a faculdade, ser uma grande jornalista (de preferência ser colunista, porque você sabe o quão tímida eu sou), conhecer muitos países, ser fluente em inglês, aprender alemão e espanhol, etc. São coisas pessoais, confesso, mas tenho outros desejos, nos quais englobam minha família e meus amigos.

Quero que você saiba que nos últimos anos mudei bastante. Comecei a ver o mundo de outra forma e comecei a sonhar mais - talvez seja culpa dos livros, não sei -. Comecei a me sentir melhor, a me encontrar. 
Espero que aí no futuro as coisas estejam melhores do que estão agora. Espero que você tenha conquistado todos os objetivos que ambas sonhamos. Que você seja uma pessoa melhor, mais confiante, menos tímida, menos medrosa - você lembra o quanto sofreu por sentir tanto medo ? -, mais amiga e menos egoísta (apesar de que precisa dizer mais "não").

Confesso também que tenho um certo medo do futuro. Acho que não é uma coisa muito pessoal, mas também um medo de que as coisas no mundo todo estejam piores. Você se lembra das guerras e do ódio que tem agora no mundo ? Pois é, eu espero sinceramente que não haja mais guerras e nem tanto ódio entre as pessoas, com os animais e com a Mãe Natureza.

Tenho esperanças, porém consigo ser realista. Uma vez me ensinaram que a esperança é sim a última que morre, e não é apenas um ditado popular.

Estamos nas últimas semanas do ano de 2014 e estou passando por uma fase nova em minha vida, no qual a partir do dia 1 de janeiro de 2015, deixarei muita coisa para trás, inclusive pessoas, no qual me atrasam e me fazem mal. Espero que dê certo!

Enfim, eu acredito em você e tenho esperanças que um dia você vá longe! Continue persistindo em seus sonhos e por favor seja menos preguiçosa, assim o mundo agradece!

Com amor, Monique (do passado)!


Espero que tenham gostado!

xoxo

2 comentários:

  1. Muito boa Monique, sinceramente eu só tava esperando a hora de tu publicar a tua também ashuashua *--* Sua carta ficou muito bem escrita, e parabéns por tudo o que já realizou hoje e espero que realize tudo o que ainda deseja <3 Beijos :**

    http://amoresporficcao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu queria tanto que você escrevesse sua carta! Rs
    Eu só posso desejar que você consiga alcançar todos os seus objetivos, e dizer que você é merecedora de tudo isso e muito mais. Você consegue!
    Lendo essa carta percebi que somos ainda mais parecidas do que pensávamos.

    Um beijo, parceira.
    Fran Canone

    ResponderExcluir

© Inverno de 1996 | Layout por A Design