E ele disse “não” pela segunda vez. E ela se iludiu pela segunda vez.
Ela não queria mais isso, estava cansada disso. Então, simplesmente tomou uma decisão: não iria mais se iludir.
Sim, seria difícil, mas ela tentaria, se não fosse o olhar e o sorriso dele que a desperta todas as manhãs, que ilumina seu dia, alegra sua vida … mas, mesmo assim ela tentaria.

3 comentários:

  1. Pensamento interessante. Seu blog e muito clean e postagens interessante. Obrigada por nos visitar :www.tribodolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei do textinho, as vezes temos que tomar decisões difíceis mesmo.
    Muito bom...
    Já te pus nos afiliados, obrigado, espero que me ponha no seus.
    neversaynever-believe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Lindo esse Trecho Monique *-*

    http://docecomo-ficcao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

® Inverno de 1996 | Layout por A Design