Dicas de Livro: Os Miseráveis + aviso!

Olá Teenagers *--* Primeiro um aviso: As inscrições do concurso daqui do blog ESTÃO ENCERRADAS E AS VOTAÇÕES COMEÇAM AMANHÃ!


E agora um dica de livro. Clique em "Leia Mais" para vê-la: 




Nome do livro: Os Miseráveis
Autor: Victor hugo

Resenha: Les Misérables (Os miseráveis) é uma das principais obras escritas pelo francês Victor Hugo no século XIX, também autor de “Os Trabalhadores do Mar” e “O Corcunda de Notre Dame” entre outras obras, que narra a situação política e social francesa no período da Insurreição Democrática em 5 de junho de 1832 através da história de Jean Valjean.  
No tribunal de Faverolles, França, Jean Valjean é condenado a passar 10 anos nas galés, por roubar comida. Após cumprir a pena é posto em liberdade condicional, sendo que se não se apresentar regularmente descumprirá os termos da condicional e ficará preso por toda a vida. Logo Valjean se sente marginalizado por todos que encontra, pois carrega o “passaporte amarelo” que o identifica como um ex-presidiário. Valjean só é ajudado pelo bispo Bienvenu , mas em vez de se mostrar grato ele rouba toda a prataria do bispo. Logo é preso, pois as peças de prata tinham o brasão do bispo. Quando Valjean é levado pelos soldados até a presença de Bienvenu, este diz que deu a prataria para Valjean e ainda diz que ele esqueceu de levar os castiçais. Esta demonstração de bondade faz Valjean voltar a crer nas pessoas. Após alguns anos, Valjean torna-se um próspero empresário, o prefeito da cidade e um homem respeitado pela sua bondade, chegando até mesmo a adotar Cosette . Ele é realmente um pai, em parte para se redimir de ter se expressado mal e ter deixado Fantine , a mãe de Cosette, ter sido despedida da sua fábrica, que ficou em razão disto com a saúde muito abalada e ter perdido por anos a guarda da filha. Um dia Valjean vê um aldeão preso embaixo de uma carroça pesada, e com uma força que parece ser sobre-humana, a levanta usando suas costas, o que permite que homem seja salvo. O chefe de polícia do local, Javert , que cumpre a lei ao pé da letra sem a menor clemência, assiste este feito, que o faz lembrar que um prisioneiro de galé que ele encontrou uma vez. Ele investiga o passado do prefeito e o identifica como Jean Valjean, um criminoso procurado pois nunca se apresentou para cumprir os termos da condicional. Porém fica confuso quando um prisioneiro retardado que será julgado afirma ser Jean Valjean. Quando o julgamento estava em andamento alguns prisioneiros afirmam que ele é Valjean, mas o verdadeiro Jean Valjean, que estava no tribunal, diz que o acusado é inocente, pois ele é Jean. Isto fará Javert iniciar uma caçada sem tréguas para prender Valjean, pois a lei tem de ser cumprida. 

Minha opinião: Vale muito a pena ler este livro. Ele é envolvente. No começo você acha SUPER chato, mas depois ... quer lê-lo novamente! Eu sempre ia na biblioteca da escola em que eu estudava e sempre via esse livro, na verdade tinham muitos desses livros e eu sempre achava meio "nada a ver" por causa do título, até que a minha professora de português resolveu fazer um trabalho com esse livro e obrigou todo mundo a ler. E eu simplesmente ADOREI. Indico MUITO a vocês, espero que todos leiam e se já leram me digam o que acharam! Beijos, espero que tenham gostado!

Fontes: Resenha aqui. E foto retirada do Google Imagens.

4 comentários:

  1. Já ouvi falar nesse livro, parece ser bem interessante.Adorei aqui estou seguindo!
    http://wwwgertiegirlcom.blogspot.com
    #Beijoos'

    ResponderExcluir
  2. Mooni! amei o novo theme *--* eu quero sim q vc faça um pra mim, tava procurando na net, mas ñ achei nenhum q eu gostasse..
    eu vi hoje do concurso, poor isso ñ participei

    saudades flore *--*

    http://strangeworldofmaari.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Adorei a dica do livro flor eu realmente tenho que me interessar mais pela leitura mais não acho nada mt bom ultimamente, boa sorte desde já as meninas que estão participando do concuros!! bjs

    Rawar --> World Girl
    http://ianapaulinhaaaa.blogspot.com/

    ResponderExcluir

© Inverno de 1996 | Layout por A Design