Bem Estar: Fobia Social!

Olá Teenagers, desculpa se eu ando sumida nesses último dias, mas voltei com uma matéria nova. É sobre a Fobia Social. Hoje eu fui a uma psiquiatra e ela me disse que eu tenho isso, então resolvi postar aqui, porque alguém daqui pode ter isso, então vamos saber o que é:



transtorno ansioso social, também conhecido como transtorno da ansiedade socialfobia social ou sociofobia, é uma síndrome ansiosa caracterizada por manifestações de alarmetensão nervosa e desconforto desencadeadas pela exposição à avaliação social — o que ocorre quando o portador precisa interagir com outras pessoas, realizar desempenhos sob observação ou participar de atividades sociais. Tudo isso ocorre até o ponto de interferir na maneira de viver de quem a sofre.
As pessoas afetadas por essa patologia compreendem que seus medos são irracionais, no entanto experimentam uma enorme apreensão ao confrontarem situações socialmente temidas e não raramente fazem de tudo para evitá-las. Durante as situações temidas, é freqüentemente presente nessas pessoas a sensação de que os outros as estão julgando e, enfim, tais sujeitos não raramente temem ser reputados muito ansiosos, fracos ou estúpidos. Por conta disso, tendem freqüentemente a se isolarem.
Este distúrbio não deve ser considerado uma forma exagerada de timidez, uma vez que os prejuízos incapacitantes que causa à adaptação social não são atenuados sem auxílio ou tratamento. Um estudo recente mostrou que 13% dos brasileiros sofrem deste transtorno. 
Sintomas:
Os sintomas da fobia social, experimentados pelos vários indivíduos em situações sociais, são, dos muitos, os seguintes:
  • Ansiedade, às vezes associada também aos ataques de pânico.
  • Ansiedade intensa perante grupos de pessoas.
  • Ansiedade antecipatória, isto é, aquela que surge antes de se encontrar, ou só de se pensar na situação temida.
  • Erubescência.
  • Tremores nas mãos, pés ou voz.
  • Suor excessivo, suando frio (especialmente nas mãos).
  • Palpitações ou calafrios. (Raro)
  • Temor de enrubescer-se ou balbuciar.
  • Temor de ser observado e avaliado negativamente por outros.
  • Temor de ser visto como fraco, ansioso, louco ou estúpido.
  • Temor de que as próprias opiniões possam não interessar aos outros.
  • Temor de não estar em estado de comportar-se de modo adequado em situações sociais.
  • Tendência a evitar situações sociais que o colocariam em incômodo (Tendência ao Isolamento).

Situações temidas:
As situações sociais nas quais as pessoas afetadas por essa patologia mostram majoritariamente os sintomas seguintes, mesmo que de qualquer modo eles também possam variar notavelmente de sujeito para sujeito.
  • Encontrar-se com pessoas desconhecidas pelas quais são atraídas.
  • Fazer amizades.
  • Andar na rua.
  • Falar em público.
  • Viajar de ônibus, metrô ou outro meio de transporte público.
  • Comer ou beber em público.
  • Participar de festas.
  • Olhar as pessoas nos olhos.
  • Iniciar uma conversa.
  • Ser apresentado a outras pessoas.
  • Fazer chamadas telefônicas.
  • Estar em espaço fechado onde há gente.
  • Dar ou aceitar cumprimentos.
  • Medo de atender pessoas no portão/porta (ou portaria).
  • Medo de ir ao barbeiro, cabeleireiro, banheiro, hospital...
A fobia social pode ser definida generalizada se os medos são experimentados na quase totalidade das situações sociais, enquanto pode ser definida específica se a ansiedade é experimentada apenas em determinadas situações sociais que podem variar de sujeito a sujeito.
Bom, é isso, qualquer dúvida procure um psiquiatra. Pois, timidez pode ser um problema.
Espero que tenham gostado dessa matéria. Comentem!
Texto retirado do site Wikipedia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

® Inverno de 1996 | Layout por A Design